Piratas do Caribe: A Vingança de Salazar | Análise

Piratas do Caribe sempre foi uma franquia que eu gostava, me divertia, apesar dos últimos filmes serem bastante esquecíveis, e A Vingança de Salazar não foi muito diferente.
Sinopse: O capitão Salazar é a nova pedra no sapato do capitão Jack Sparrow. Ele lidera um exército de piratas fantasmas assassinos e está disposto a matar todos os piratas existentes na face da Terra. Para escapar, Sparrow precisa encontrar o Tridente de Poseidon, que dá ao seu dono o poder de controlar o mar.
20170309-piratas-5.jpg
ATENÇÃO!! As partes com spoilers estarão escritas em branco, selecione o texto para ler.
O início do filme traz a nostalgia dos primeiros filmes ao ver Will Turner, que traz o tom da franquia, como as velhas lendas do mar e que será mais uma história de grandes aventuras com Jack Sparrow, que parece mais uma caricatura dele mesmo nesse filme. Mas dessa vez, seu companheiro certinho e respeitoso, será Henry, e a bela moça que tinha tudo para dar certo, será Carina Smyth, mas a aventura em comum une os três.
A cena inicial é incrível, completamente ensaiada, parece uma dança, faz você rir, ficar tenso em vários momentos, altos pulos, bagunça, dinheiro e rum.
maxresdefault (1)
O novo filme traz um novo vilão, que sinceramente já foi visto na franquia, assim como sua busca. A linha tênue de Salazar e Davy Jones se diferenciam por uma história de amor, mas a busca incessante do pirata mais procurado, Jack Sparrow, por possuir algo que irá libertá-lo da maldição, é a mesma (coração x bússola).
No meio dessa confusão, o filme peca em algumas explicações, como por exemplo, a explicação da maldição de Salazar, a cena em que é mostrado o que aconteceu com ele e sua tripulação foi ofuscada pela explicação do porquê do nome Jack SPARROW.
Por exemplo, não sabemos que ele não pode pisar em terra,  e se eles podem correr na água, por que soltaram os tubarões?
E falando em Jack Sparrow, o momento que falam de seu nome vem de um flashback do vilão, ou seja, vemos Jack novo em CGI, que alongaram tanto a cena que foi perceptível o efeito, assim como a cena em que eles soltam os tubarões mortos perseguindo Jack.
561580.jpg-r_1280_720-f_jpg-q_x-xxyxx.jpg
Outra falha de roteiro foi a possessão do filho de Will Turner, se Salazar podia fazer isso, por que não foi feito em Barbossa? Obviamente eu sei responder essa pergunta, que é para o desenvolvimento da história, mas como decisão de vilão, é completamente falha. Não seria muito mais interessante ter um vilão que possuísse as pessoas de barco em barco, como a lenda de Salazar em vez de copiar o Holandês Voador?
E as similaridades não param por aí, o famoso Capitão Jack inicia o filme sem navio e sem tripulação, um bêbado, azarado e fracassado.
Além disso, um oficial da coroa britânica persegue os piratas e uma tripulação de mortos-vivos.
Piratas-do-Caribe-A-vingança-de-Salazar-1.jpg
E por fim, o filme fala basicamente de ”daddy issues” em TODOS os personagens (No flashback de Salazar vemos que ele quis continuar o que o pai fazia, Carina segue sua vida em prol e algo que seu pai deixou, Henry quer salvar seu pai da maldição) e o final traz uma surpresa agradável aos fãs da franquia, o retorno breve do elenco orignal.
Piratas do Caribe: A Vingança de Salazar estréia 25 de Maior de 2017 no Brasil.
Piratas do Caribe: A Vingança de Salazar continua pecando em roteiro, parece  um remake de outro filme, mas dessa vez com muito ”daddy  issues”, porem mantém as cenas de ação com uma alegoria incrível, quase uma dança super bem ensaiada.
Nota: 5/10
Acompanhe também o Twitter, a Fanpage e o Instagram.
Agora você também pode me enviar cartas e/ou produtos em
Caixa Postal 9077
CEP 22270-970
Rio de Janeiro/RJ
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s