Rock in Rio | Semana 1

Maratona Rock in Rio está de volta, e eu prometi pra vocês que iria contar tudo por aqui, mas antes de começar a falar do Rock in Rio, eu tenho que fazer um enorme agradecimento à Go Pro Brasil que me concedeu a Go Pro 4 Black para registrar todos esses momentos e poder mostrar para vocês.
Nessa primeira semana eu fui nos dias 18 e 20, do qual eu já vi um dos melhores shows da minha vida: Queen, mas vamos falar por ordem.
Rock n' Rio 2015 | Foto: Natália Kreuser
18 de Setembro de 2015
Os shows que realmente me interessavam nesse dia era The Script, One Republic e Queen. Além disso, teve um show de 30 anos do Rock in Rio com participação de vários artistas que não eram cotados no lineup oficial.
Nesse dia fiquei no lounge da Pepsi e fiquei realmente impressionada com o tratamento, tinha comidinhas, desde salgados à comida mesmo em pequenas porções, drinks especiais e champagne!
Infelizmente me decepcionei com One Republic, não achei o show tão interessante quanto as músicas, mas não foi uma “queda” tão grande porque não é uma banda que realmente acompanho.
Entretanto o show principal da noite foi de arrepios à quase lágrimas de emoção, foi perfeito, impressionante, incrível!
Look dia 20/09/2015 - Rock in RIo.
Look dia 20/09/2015 – Rock in RIo.

20 de Setembro de 2015

Infelizmente estava meio nubladinho e ameaçou a chover, o que fez rolar uma pequena preocupação, mas nada demais. Esse dia estava pela Heinekein e as bandas que mais me interessavam eram Magic!, John Legend, Seal e Elton John.
O Rock in Rio nos possibilita ver mais de uma banda querida por dia, mas um dos maiores problemas é se deslocar entre os palcos devida a quantidade imensa de gente que vai ao festival, podendo demorar em torno de 15-30 minutos para chegar no outro palco que fica ao lado.
Acabei não assistindo todo o show do Magic! porque já estava muito cheio quando fui, por isso fiz diferente para assistir John Legend que me interessava mais, então sai um pouco mais cedo do show do Paralamas do Sucesso que estava realmente incrível.
Depois do show do John Legend que foi maravilhoso, eu fui pro Lounge da Heinekein e tive a sorte incrível de ficar de frente pro palco e sentada, só tomando a minha cervejinha de boa. Assisti o sow do Seal e o Elton John dali.
Realmente me impressionou o show do Seal, mais do que imaginava e Elton John também, aquele dia senti que o palco mundo, pelo menos, estava com shows voltados para um publico mais velho.
Palco Mundo durante o show do Seal - Rock in rio 2015.
Palco Mundo durante o show do Seal – Rock in rio 2015.
Transporte
Como fomos por marcas, algumas possuem o trajeto do Rock in Rio por van, eu fui pela van da Pepsi no primeiro dia e eu só tenho a agradecer, a única infelicidade de sair no último show, é que você fica no trânsito ou dá a maior volta do universo pra sair so trânsito, então um trajeto que seria feito em 15 minutos, levou 1 hora.
No segundo dia nenhuma das outras opções eram viáveis. Rolou uma história que o ônibus primeira classe ainda seria vendido no mesmo dia, mas no dia 20 estava completamente esgotado. Fomos de carro até a casa de uma amiga na barra e de lá seguimos para o Alvorada para pegar o BRT, que realmente me impressionou até a chegada do evento, a demanda de pessoas é tão grande, que assim que enche um ônibus eles saem do terminal (e não é tipo, encher de explodir de pessoas, quando as primeiras começam a ficar em pé, ele já sai).
Porém o caminho entre o BRT-Rock in Rio eu achei extremamente perigoso, gosto de dizer que é equivalente à estar num corredor da morte, passamos por uma área completamente em obras e abandonada, cheio de comerciantes ilegais, fiquei pensando como seria passar ali na volta, de noite.
Eu tive a sorte de encontrar com uma amiga na volta que estava esperando um amigo que era morador da região, que nos tirou dali, então chegamos muito rápido no nosso ponto de partida, ainda que saímos algumas músicas antes do final do show do elton John.
Além disso, logo que saimos tinha um cara de cadeira de roda completamente bêbado, com a calça abaixada quase na coxa, segurando uma vara de metal na mão e o que mais me assustou é que vimos um homem que estava no alvorada na hora da nossa ida e que deu umas cercadas nas nossas mochilas.
Conclusão: Recomendo outros transportes, se possível, sei que é foda, mas pode tornar uma experiência incrível em um marco ruim.
Rock & Recycle
Rock & Recycle
Ação Heinekein
A Heinekein tem uma iniciativa super legal no Rock In Rio chamada Rock & Recycle, quando você junta 10 copos pode trocar por brindes. Até o dia 20, foram reciclados mais de 100 mil copos (coisa pra caramba, né?)
O stand de troca ficava próximo à Rock Street, e estava lotado!

Posso dizer que é uma experiência incrível e recomendo se você for planejado, ver transporte antes, tem queima de fogos no primeiro show do Palco Mundo e depois do último show.
Curtiu? Quer ver mais eventos e viagens cobertos por mim? Calma que do Rock n’ Rio ainda tem muito conteúdo! Mas se você gostou, tweet o post com #NaTurista.
Acompanhe também o Twitter, a Fanpage e o Instagram.
Agora você também pode me enviar cartas e/ou produtos em
Caixa Postal 9077
CEP 22270-970
Rio de Janeiro/RJ
Anúncios

3 comentários Adicione o seu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s