A verdade sobre o #LingerieDay

Um título um tanto quanto “conspiratório”, eu sei, mas esse post não se trata de uma conspiração, apenas verdades aqui.

Nunca participei de um Lingerie Day, honestamente não sei o que pensar a respeito, já tive inúmeras opiniões ao decorrer dos anos e a verdade é que eu tenho preguiça em muitos dias do ano, e esse é um dos que eu mais tenho. Posso mudar de opinião daqui um mês, daqui um ano e ano que vem realmente querer participar (ou não).

A verdade é que eu não tenho nem vontade de participar e nunca tive, até hoje, já fui aceita no Suicide Girls em 2012 e dei pra trás (pra quem não sabe, não é necessário mandar fotos nuas e nem de lingerie pra ser aceita), porém recebo pedidos anuais de uma coisa que falo dias antes que não vou participar.

Então esse ano, com ajuda do meu amigo Neo, decidi postar uma foto fake de uma pessoa que já ouvi comparações e é incrivelmente conhecida na internet, a Kemper Fidelis. O resultado: Muitos cairam.

Captura de Tela 2014-07-31 às 18.12.17

Qual a intenção então? Posso dizer que pude passar a experiência das mulheres que publicam anualmente, sem realmente ter tirado uma foto sequer e sentir na pele determinadas ignorâncias que foram o grande motivo desse post e também ver o povo caindo, que foi a intenção inicial.

Captura de Tela 2014-07-31 às 16.05.15

Quero dizer de antemão, que minha intenção não era prejudicar nenhum trabalho dos blogueiros que postam anualmente, mas também foi engraçado ver que minha foto caiu em determinados blogs (não citarei os blogs e detalhe, ninguém pediu minha permissão para postar, mas como dizem #CaiuNaNet).

Captura de Tela 2014-07-31 às 16.02.40

Outro ponto muito interessante foram as mentions, inclusive as ~não mencionadas~ que renderam boas risadas e também aos que perceberam de cara que era a Kemper (CÊIS TÃO LIGADOS DAS PUTARIAS, EIN?!)

Captura de Tela 2014-07-31 às 18.20.39

Mas como nem tudo são flores, mentions de violência escrita também foram mandadas (bem menos do que eu imaginava), porém teve uma, da qual citei no início que eu explico minha intenção de ter feito um post tão detalhado:

Captura de Tela 2014-07-31 às 17.45.46

Qual a ironia da causa? O cidadão não me conhece, o cidadão não checou pra ver se a foto é minha, o cidadão falou o que quis como verdade absoluta e eu aqui provando QUE NEM TUDO É GENERALIZADO. Após um print e um block bem dado eu te digo, NÃO, EU NÃO SOU PUTA, nem tenho uma tatuagem na bunda e NÃO SOU EU NA FOTO. 😉

Você me enganou; estou puto; sua puta; ACEITA QUE DÓI MENOS. Eu sei que vai ter uma parcela de pessoas que ficará bolada comigo, e outras entenderão e rirão comigo, assim como outras já entenderam a brincadeira na hora (fico feliz por vocês, gosto de gente esperta), mas a verdade é que a parcela de homens que não gostarem da brincadeira é que simplesmente porque vai contra os próprios princípios, uma vez que diz que as mulheres se aproveitam do corpo para chamar a atenção, e que só consegue a fama assim em vez de serem espertas e conseguirem as coisas de outra forma, também não gosta quando são espertas, porque não aceitam que podem ser espertas.

Sim meu filho, você caiu na brincadeira de uma mulher que quis ser esperta.

Anúncios

10 comentários Adicione o seu

  1. Crisis disse:

    Opa Natalia, primeiramente parabéns, nunca pensei que pararia para ler um texto em plena lingerieday, mas o seu me chamou tanto a atenção que não pude resistir.

    A trollagem, foi bem feita, eu mesmo não tinha percebido até iniciar a leitura do texto =p, (sim, sou burrinho mesmo).

    Sobre o #CaiuNaNet, os principais blogs normalmente pedem permissão e talz, e acredito que isso seja o correto, afinal, se você vai ganhar “views” em cima da foto, o minimo seria pedir para posta-la, mas, sabemos que nem todos vão pelo certo..

    E sobre o Jonathan ai, esse é o tipo de pessoa que se deve ignorar, ainda que fosse realmente sua foto não teria porque dar “ouvidos”,afinal, pessoas como ele, que julgam outras baseadas em nada alem de preconceitos e especulações infelizmente existem aos montes, e sempre vai existir.

    No mais parabéns pelo texto e quem sabe ano que vem você participa mesmo né, se cuida.

  2. Gariel disse:

    Gente, nem sabia que tinha feito isso. Acho chocante você ter fingido algo do tipo mas mais ainda é ver como existem pessoas tão preconceituosas. Mesmo se tivesse postado uma foto de lingerie, isso não dá o direito de te julgar. Nada da esse direito. Cada um faz o que quer desde que não prejudique o próximo.

  3. dagoberto disse:

    Bando de retardados Ninguem repara na Natalia mesmo neh a da foto tem tatto nos braços suas antas a Natalia nao tem

  4. Juliana disse:

    Nath, a questão é:

    Se fosse puta, NINGUÉM TEM NADA A VER COM ISSO e isso NÃO SERIA UM PROBLEMA. O corpo é seu, você faz dele o que quiser. Esse é o slutshamming diário que faz com que tenhamos a ideia de que nosso corpo é impuro, que devemos nos “preservar” e nos dar ao respeito. O errado aí, é sempre tratar da questão da sexualidade feminina para desclassificá-la, subjugá-la, enquanto ao homem é apoiado os relações desde que ele tem 14 anos. E à mulher, fica vedado ao papel de “puta” caso o faça.

    Antes de p e b, vem o m, mas as pessoas só lembram do “peito” e “bunda” femininos, nunca do “pênis” masculino. Use seu peito, sua bunda e sua mente para abrir a cabeça daqueles que disserem que você não pode fazer alguma dessas coisas.

    Beijos e abraços pra ti, guria! Se empodera que o mundo é seu (:

  5. gustavão disse:

    Tá, mas qual a verdade sobre o #lingerieday?
    Vc só falou a verdade sobre a foto fake.

  6. Gustavo disse:

    Post meio besta e desnecessário.
    E se não queria participar de verdade da brincadeira, não tinha porque ‘trolar’ o pessoal postando foto fake. Apenas ignorasse o evento. ;/

  7. Lucia Freitas disse:

    Valeu pela inteligência e savoir faire. Teje favoritada!!! 🙂

  8. Michelle disse:

    hahaha mando mto kreuser!

  9. Luiz Roberto disse:

    A grande verdade é que a Natália teve a genialidade de jogar na cara da sociedade esse MACHISMO ENRUSTIDO que existe em tudo quanto é canto.

    Ou é puta porque se exibe, porque tem tatuagem na bunda, ou é vadia porque dá uma de “esperta”.

    Natália, MANDOU BEM DEMAIS! Só faltou deixar mais claro que os “próprios princípios” dos homens que não gostaram da brincadeira é, sem rodeios, um saco cheio de preconceito nojento e asqueroso.

    Desde quando esses machões podem desqualificá-la? Com que propriedade?

    Take a life, boys.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s